Gaia como base para uma espiritualidade secular

Como diz o ecofilósofo Glenn A. Albrecht (no livro "Earth Emotions"):

"O estranho ritmo e harmonia que é o amor não está isolado em humanos individuais, mas é um fractal do amor que existe no cosmo mais amplo."

>> Leia no Ecoa