A angústia do colapso ambiental

As emoções mais comuns diante do atual colapso climático e ambiental variam desde um angustiante desespero crônico, passando por depressão, ansiedade, paralisia, até um dar de ombros aparentemente inconsequente. Esse tipo de desequilíbrio se tornou tão comum que deu origem a novos ramos da psicoterapia, autoajuda e até a novas palavras.
>> Continue lendo no UOL Ecoa.